SER MÃE – ALEX ANDRÉ (POSTAGEM ANTIGA)


S inônimo augusto de plena dedicação

E isso se dá de maneira incondicional, sem esperar nada como gratificação

R egozija-se com um simples sorriso e um beijo de seu  filho do coração

M ãe também é significado de perdão

A inda que muitas vezes seja mal compreendida e até vista como “cão”

E ela vai continuar sempre  sendo mãe, até o dia de sua inumação…

Alex André

 

PENSA EM MIM – Alex André


Acróstico publico originalmente em 29/11/2015

P erder seu amor é algo que não consigo aguentar

não imagino nunca deixar de te amar

N os seus pensamentos, serei sempre seu cavaleiro destemido

S empre protegendo-a de todo e qualquer perigo

A minha existência será dedicada a ti, minha diva

E spero ativamente corresponder às suas expectativas

M ais do que amor, experimento por ti paixão ardorosa

M úsica para os meus ouvidos são suas palavras graciosas

I magino nós dois juntos lado a lado até o fim

M eu único pedido para ti, razão da minha vida, é que apenas pense em mim.

Alex André

WORKAHOLIC – Alex André


W ifi e web com certeza são suas únicas companheiras!

O btém satisfação em trabalhar e trabalhar, sem descanso.

R eage de forma automática às peguntas que lhe são formuladas.

K epler é seu apelido, pois longe da empresa ele parece viver no espaço.

A s mulheres acham-no belo, mas ele nem tempo para  notá-las.

H oje, está novamente em sua mesa, encarando seu computador como se encarasse uma amante.

O uvindo com verdadeiro desejo o som da sua impressora, sem importar-se com mais nada.

L uzes se apagam: todos os funcionários para casa. Só ele não vai sair agora.

I merso nas suas atividades, decide estender seu turno, noite a fora.

C ontente demais vive o nosso ‘Workaholic’,  sempre a trabalhar e trabalhar, sem nunca parar…

Alex André

Debora Gimenes – Alex André


 

Após tanto tempo de intervalo, resolvi retomar meus acrósticos, prestando homenagem a uma escritora fantástica e uma pessoa verdadeiramente querida: Debora Gimenes (Debby).

 

D iscípula de Stephen King e fã número um de Agatha Christie.

E nvolve a todos com o seu controle total sobre os vocábulos.

B rilhante contista brasileira. Dá vida a histórias maravilhosas.

O usa cruzar a barreira entre o real e o fantástico.

R espeita todos os seus leitores, tratando-os como verdadeiros amigos.

A limenta-se de todo o tipo de literatura, seja ela virtual ou escrita.

G osta de passar parte do seu tempo vendo suas séries preferidas.

I nteressa-se muito pelo mundo do cinema.

M úsica também faz parte de sua vida.

E m casa, ela é uma esposa formidável, além de mãe zelosa.

N unca deixa de lado seus sonhos e seus anseios.

E  nfrenta cada desafio sempre com muita humildade.

S erei sempre grato por sua amizade!

Chape & Luto


Resultado de imagem para chapecoense luto

C om a esperança de trazer um título inédito para a cidade de Chapecó

H onrados jogadores da Chapecoense embarcaram rumo à Colômbia

A prontaram-se para mostrar ao mundo que Davi novamente poderia vencer Golias

P orém,  um terrível acidente aéreo pôs uma basta neste sonho para sempre

E a notícia da maior tragédia mundial do esporte foi se espalhando rapidamente

&

L ágrimas então começaram a ser derramadas por toda a população

U m verdadeiro sentimento de pesar espalhou-se por todo os cantos do planeta

T razendo  apoio às famílias que sofrem com sua terrível aflição

O xalá que estes valorosos atletas da Chape, que pereceram tão precocemente, alcancem a paz e o descanso merecidos!

Alex André

Eu me chamo Antônio – Pedro Gabriel


Resultado de imagem para capa eu me chamo antonio

Bom início de semana a todos vocês da Família Lendo Muito.

Trago-vos uma resenha de um livro bem diferente dos que talvez vocês estejam acostumados a ler. Eu me chamo Antônio é um livro composto de frases e desenhos rabiscados em guardanapos, nos momentos em que Antônio, o protagonista do livro, supostamente bebia um pouco de chope a mais do que devia e passava a ter inspirações humorísticas acompanhadas por devaneios poéticos maravilhosos.

Apesar de ser um livro muito curto, engana-se quem pensa que é um livro de rápida leitura. Levei bem uns quatro dias para terminar, pois a cada página eu tive que parar, fazer uma verdadeira autorreflexão para poder continuar adiante.

Conforme vamos nos  aprofundando mais na leitura, podemos perceber que aqueles garranchos que Antônio escrevera durante suas “noites altas” nos bares por onde frequentou não são meros pensamentos; são sim verdadeiras lições de vida que servem de exemplo para nós mesmos, pois tratam do amor, da tristeza, etc.

Resultado de imagem para capa eu me chamo antonio

Quem quiser saber do resto, só lendo muito!!!

Uma única dificuldade proposital do livro é o fato de muitas frases do livro serem incompreensíveis; para entendê-las o leitor deve procurar o seu significado no sumário ao final do livro.

Confesso que me apaixonei por este livro e sempre procuro indicá-lo para outras pessoas. Nota 11.

P.S.: Espero que Segundo Eu me Chamo Antônio seja ainda melhor.

Um beijo no coração de cada um de vocês!!!

Alex André

 

O Teu Riso – Pablo Neruda


Tira-me o pão, se quiseres,
tira-me o ar, mas
não me tires o teu riso.

Não me tires a rosa,
a flor de espiga que desfias,
a água que de súbito
jorra na tua alegria,
a repentina onda
de prata que em ti nasce.

A minha luta é dura e regresso
por vezes com os olhos
cansados de terem visto
a terra que não muda,
mas quando o teu riso entra
sobe ao céu à minha procura
e abre-me todas
as portas da vida.

Meu amor, na hora
mais obscura desfia
o teu riso, e se de súbito
vires que o meu sangue mancha
as pedras da rua,
ri, porque o teu riso será para as minhas mãos
como uma espada fresca.

Perto do mar no outono,
o teu riso deve erguer
a sua cascata de espuma,
e na primavera, amor,
quero o teu riso como
a flor que eu esperava,
a flor azul, a rosa
da minha pátria sonora.

Ri-te da noite,
do dia, da lua,
ri-te das ruas
curvas da ilha,
ri-te deste rapaz
desajeitado que te ama,
mas quando abro
os olhos e os fecho,
quando os meus passos se forem,
quando os meus passos voltarem,
nega-me o pão, o ar,
a luz, a primavera,
mas o teu riso nunca
porque sem ele morreria.

Pablo Neruda, in “Poemas de Amor de Pablo Neruda

Apenas se/Only if – Enya


Quando houver uma sombra você lute pela luz

Quando existe o amor, então você procura pela pessoa
E para as promessas, existe o céu
E para os céus existem aqueles que podem voar
 

Se você realmente quiser, você pode me ouvir dizer

Apenas se você quiser, você encontrará um caminho
Se você realmente quiser, você pode aproveitar o dia
Apenas se você quiser, você voará para longe
 

Quando existe uma viagem, você segue uma estrela

Quando existe um oceano, você veleja de muito longe
E para o coração partido, existe o céu
E para o amanhã, existem aqueles que podem voar
 
Ah, quero voar com as asas de um pássaro

 Ah, quero voar com as asas de um pássaro
Asas
 

Se você realmente quiser, você pode aproveitar o dia

 Apenas se você quiser, você voará para longe.

Monte Castelo – Renato Russo


Ainda que eu falasse a língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor eu nada seria

É só o amor, é só o amor
Que conhece o que é verdade
O amor é bom, não quer o mal
Não sente inveja ou se envaidece

O amor é o fogo que arde sem se ver
É ferida que dói e não se sente
É um contentamento descontente
É dor que desatina sem doer

Ainda que eu falasse a língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor eu nada seria

É um não querer mais que bem querer
É solitário andar por entre a gente
É um não contentar-se de contente
É cuidar que se ganha em se perder

É um estar-se preso por vontade
É servir a quem vence, o vencedor
É um ter com quem nos mata a lealdade
Tão contrário a si é o mesmo amor

Estou acordado e todos dormem
Todos dormem, todos dormem
Agora vejo em parte
Mas então veremos face a face

É só o amor, é só o amor
Que conhece o que é verdade

Ainda que eu falasse a língua dos homens
E falasse a língua do anjos
Sem amor eu nada seria.

 

Íris – Goo Goo Dolls


Íris (tema do filme Cidade dos Anjos)

E eu desistiria da eternidade para te tocar
Pois eu sei que você me sente de alguma maneira
Você é a mais próxima do paraíso que sempre estarei
E eu não quero ir para casa agora
E tudo que posso sentir é este momento
E tudo que posso respirar é a sua vida
E mais cedo ou mais tarde se acaba
Eu só não quero ficar sem você essa noite

E eu não quero que o mundo me veja
Porque eu não acho que eles entenderiam
Quando tudo é feito para ser quebrado
Eu só quero que você saiba quem sou eu
E você não pode lutar contra as lágrimas que não virão
Ou o momento de verdade em suas mentiras
Quando tudo se parece como nos filmes
É, você sangra apenas para saber que está viva

E eu não quero que o mundo me veja
Porque eu não acho que eles entenderiam
Quando tudo é feito para ser quebrado
Eu só quero que você saiba quem sou eu

E eu não quero que o mundo me veja
Porque eu não acho que eles entenderiam
Quando tudo é feito para ser quebrado
Eu só quero que você saiba quem sou eu
Eu só quero que você saiba quem sou eu
Eu só quero que você saiba quem sou eu