Um útero é do tamanho de um punho – Angélica Freitas

Mais um na lista dos livros que li por conta do estudo, eu nunca havia falado de Um útero é do tamanho de um punho até a obra aparecer numa lista entregue pela minha professora de Introdução aos Estudos Literários I. Nós precisávamos escolher um dos livros citados (todos de poesia brasileira contemporânea) afim de analisar um dos poemas neste presente. Após uma breve pesquisa a respeito dos autores que ela oferecera como opção, não demorou para que eu selecionasse a obra de Angélica Freitas.

O motivo para isso? Com uma temática feminista constante e a ocorrência frequente de poemas curtos, confesso que ela me lembrou Rupi Kaur e Amanda Lovelace, minhas duas poetisas contemporâneas preferidas, já citadas por mim aqui nesse blog.

Apesar de não poder dizer que gostei tanto de Angélica Freitas quanto das duas citadas acima e precisar confessar que achei alguns de seus poemas um tanto quanto estranhos, eu tive um tempo muito aprazível lendo esse livro que contem poemas não apenas de cunho feminista mas também, muitas vezes, com certa temática LGBTI+, falando sobre o amor entre mulheres ou mesmo tendo uma mulher trans como eu lírico de um dos poemas.

A obra em questão é dividida em 3 partes: Uma mulher limpaMulher de e, por fim, A mulher é uma construção, entre as quais a minha favorita foi a segunda e a que menos gostei (ou que tinha mais poemas estranhos, na minha opinião) foi a primeira, ou seja, não se deixem assustar pela primeira parte, que pode parecer um tanto quanto esquisita, a autora compensa depois. Além disso, a obra também conta com o poema-título do livro, o qual não pertence a parte alguma, uma quarta parte denominada de 3 poemas com o auxílio do google e mais dois poemas que não pertencem a parte alguma: ArgentinaO livro rosa do coração dos trouxas.

Considerando tudo o que disse até aqui, minha nota para esse livro é 9 e, para quem estiver curioso a respeito de qual poema decidi analisar, foi o Mulher depois, mas a obra certamente conta com muitos outros poemas bons além desse.

By Ana Beatriz

 

2 comentários sobre “Um útero é do tamanho de um punho – Angélica Freitas

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s