13 reasons why

13 reasons why (ou Os 13 porquês, para quem prefere a versão brasileira do nome), baseada no livro homônimo de autoria de Jay Asher, é uma série da Netflix, produzida pela Selena Gomez, que, apesar de ser recente e não muito longa (conta com apenas uma temporada de 13 episódios), é a série do momento não apenas entre os adolescentes (seu principal público-alvo), mas também entre os adultos, especialmente os que tem filhos nessa faixa etária tão complexa que é a adolescência.

Caso você ainda não tenha ouvido falar sobre a série, o enredo, um tanto original, mistura drama e suspense, com uma pitada de romance, ao nos mostrar os 13 motivos que levaram Hanna Baker a cometer suicídio, enquanto ouvimos as fitas que ela deixou explicando os tais motivos.

Qualquer um que receba essas fitas um tanto quanto mórbidas e perigosas é um dos 13 porquês, incluindo Clay, nosso co-protagonista, que é um garoto nerd, tímido, sensível e doce que não só nutria uma grande amizade pela morta como também tinha um crush nela.

A série retrata a dor e a culpa daqueles que foram deixados para trás, como Clay e os pais da garota, por exemplo, mas também mostra a hipocrisia de alguns que, apesar de jamais terem se interessado por ela, passam a homenagear-lhe com flores e cartazes após a morte.

Ao contrário do que possa parecer, 13 reasons why não é a típica história sobre bullying em que os mocinhos e os vilões, desprovidos de qualquer qualidade ou explicação razoável para tomar tais atitudes, são claramente definidos. Não, com um toque realista e humano, todos os personagens são bem desenvolvidos de uma forma que você se confunde, identificando-se ora com a Hanna, ora com alguns dos porquês, que, assim como todo mundo, também tem defeitos e qualidades, e seus próprios demônios contra os quais lutar.

Dessa forma, apesar da protagonista passar por alguns acontecimentos incrivelmente pesados, alguns dos motivos que a levarão ao suicídio eram incrivelmente simples, de maneira que o causador muitas vezes sequer poderia imaginar a consequência de seus atos, fazendo com que reflitamos sobre a forma como tratamos as outras pessoas, muitas vezes sem nos colocarmos no lugar delas ou nos importarmos com os problemas que elas enfrentam, porque as pessoas são diferentes entre si, algumas são mais sensíveis do que outras e, às vezes, o que é apenas uma brincadeira para você pode se tornar um trauma para outra pessoa.

O enredo se desenrola no ambiente comum de um colégio de Ensino Médio, representando momentos difíceis e dolorosos pelos quais alguns adolescentes passam todos os dias, motivo pelo qual a série deveria ser assistida não só pelos próprios adolescentes (que vão se identificar e sentir-se reconfortados com a trama), mas também pelos adultos, sobretudo aqueles que tem filhos nessa idade, para que se conscientizem disso e da forma como, por conta dos hormônios, para os jovens tudo é mais intenso do que para os demais, dando assim mais importância às suas reclamações e mudanças de humor.

Algo que não pode passar despercebido nessa resenha é o elenco: Apesar de serem jovens e, via de regra, pouco conhecidos pelo público em geral, os atores como um todo surpreendem, encarnando os personagens como se tivesse sido feitos para o papel, o que contribui muito para manter a qualidade do programa, dando aos personagens a intensidade de interpretação que merecem.

Um dos maiores sucessos da Netflix (se não for o maior), a série choca pela honestidade e crueza com que mostra os traumas pelos quais a personagem passa: Sem muitos cortes mesmo nas cenas mais pesadas, rompe o tabu de não discutir plenamente temas como suicídio (a segunda maior causa de morte entre os adolescentes) e estupro, para não falar em bullying, homossexualidade, machismo, escolha profissional, uso de álcool e drogas, relacionamentos abusivos e o poder que a internet (principalmente as redes sociais) possuem de espalhar rumores e acabar com a vida de alguém para sempre. Disputando o posto de série preferida com Pretty Little Liars13 reasons why merece o meu 10 e espero ansiosamente que façam uma segunda temporada para que possamos rever tantos personagens incríveis e desvendar os mistérios que foram deixados sem resposta no último episódio.

By Ana Beatriz

 

Anúncios

4 comentários sobre “13 reasons why

  1. Fico feliz que tenha gostado! Eu ainda não li o livro, só vi a série e estava bem curiosa em relação ao livro, mas desanimei um pouco depois que me disseram que não é tão bom quanto a série, é verdade isso? E sim, os atores são simplesmente incríveis! Beijos 🙂

    Curtir

  2. Fico feliz que tenha gostado da resenha e decidido assistir à série! Espero que goste, depois me fala o que você achou!
    P.S.: Eu que agradeço por você não ter perdido a paciência comigo pelas minhas constantes ausências kk.
    Beijos 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s