Kamisama Hajimemashita

Contando com duas temporadas que somadas resultam em 25 episódios e 4 OVAs (tendo mais um previsto para 20 de agosto deste ano), Kamisama Hajimemashita tem como protagonista Nanami Momozono, uma adolescente comum do Ensino Médio que acabou de perder sua casa, tudo porque o pai viciado em jogo não pagou o aluguel.

Mas essa história que tinha tudo para se tornar um drama acaba virando uma comédia romântica misturada com sobrenatural. Isso porque, enquanto está se lamentando na praça, Nanami acaba encontrando Mikage, um deus da terra que, ao beijar sua testa, lhe passa seu título e seus poderes, além do direito de morar em seu templo.

Como ela não tem para onde ir, esta parece a solução perfeita para seus problemas, mas nada é tão fácil quanto parece e logo no início ela terá que lidar com o antigo familiar de Mikage, que agora se recusa a serví-la.

Familiares são como servos dos deuses, tendo como função proteger seus senhores e ajudá-los em tudo, principalmente na manutenção do templo onde moram. O antigo familiar de Mikage é Tomoe, uma raposa selvagem antes de passar a servir o templo do deus da terra, Tomoe é arrogante, grosseiro e parece nutrir um desprezo intenso pelos humanos (motivo pelo qual não aceita trabalhar para Nanami), mas também dono de uma beleza estonteante e incrivelmente poderoso, sendo um ótimo familiar, podendo protegê-la de todo mal a qualquer instante, além de exercer as funções domésticas necessárias no templo.

O contrato entre familiar e deus se dá de uma forma um tanto…peculiar, por assim dizer. Para ser mais específica, é preciso que ambos se beijem para que isso ocorra. Uma vez firmado o contrato, o familiar se torna incapaz de desobedecer seu mestre.

Sabendo disso, Nanami vai atrás de Tomoe, o qual havia fugido, apenas para pedir que ele volte ao templo e brigar com ele, embora não o queira como familiar devido á sua atitude petulante em relação á ela. Porém, ela acaba se vendo numa situação de perigo e, em meio a seu desespero, rouba um beijo de Tomoe para que este o proteja.

Depois disso, a raposa não tem escolha senão cumprir suas ordens e, apesar de reclamar muito no começo, acaba se afeiçoando a ela e não demora para que um sentimento mais forte surja entre os dois. Mesmo assim, ele nunca deixa de tratá-la de forma arrogante e grosseira, o que dá um tom cômico á obra.

No decorrer do anime, Nanami descobre como utilizar seus poderes, evoluindo cada vez mais, se envolve em diversas aventuras que resultam em batalhas contra demônios, e conhece outros personagens também muito importantes, como Kurama e Mizuki, por exemplo.

Receio que qualquer outra informação que adicione sobre enredo seja spoiler, mas posso afirmar que indico o anime para qualquer um que goste de shoujo, em especial comédia romântica, pois é repleto de cenas engraçadas e fofas, e tem os elementos sobrenaturais como pano de fundo. Não só espero ansiosamente pelo próximo OVA, como também torço por uma terceira temporada e, por tudo o que disse até agora, minha nota para esse anime é 9,5.

By Ana Beatriz

Anúncios

4 comentários sobre “Kamisama Hajimemashita

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s