LAPIDAR – Alex André

L entamente, no cemitério da Consolação, nos reunimos ontem ao entardecer

A lmas ávidas, sedentas de muito saber 

P elas lápides dos “Santos Populares” iniciamos assim nossa peregrinação

I mpávidos, chegamos à Biblioteca Mário de Andrade, onde acontecia o encerramento da belíssima Exposição Lapidar

D urante os momentos em que ali estivemos,  para os sepulcros do Rio de Janeiro e São Paulo fomos levados pela nossa imaginação

A s imagens do jazigo de Álvares de Azevedo, foram sem dúvida alguma, as mais impressionantes

R ealmente, querida Lú (Luciana Fátima), sua exposição se encerrou de forma brilhante!!!

Alex André

Lú querida , este acróstico é uma pequena homenagem que eu ofereço a você.
Tive a honra de conhecê-la apenas ontem, mas já sentia um grande apreço por ti desde o momento em que  você visitou meu blog pela primeira vez.

Obrigado pelo convite e mais ainda pelo livro autografado!
Um grande beijo no seu coração!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s