Blue Exorcist#1-Kazue Kato

Inspiração para o famoso anime Ao no Exorcist, o primeiro volume de Blue Exorcist pode ser difícil de ser encontrado e talvez um pouco caro, mas vale a pena pela história fascinante e pela arte incrível.

O primeiro mangá que leio e inglês, comprei-o pela internet porque não consegui achar em nenhuma loja física (a partir do segundo volume a saga é facilmente encontrada na Comix e em algumas lojas do bairro da Liberdade). No entanto, eu não me arrependi do preço, do desafio de ler em outra língua ou mesmo de ter comprado pela internet (coisa que raramente faço com livros e mangás).

A história gira em torno de Rin Okumura, um garoto problemático de 15 anos que não conhece os pais e foi criado com o irmão gêmeo, Yukio, pelo Padre Fujimoto, ele é de longe o mais problemático entre os dois, sendo briguento e irresponsável e sem conseguir parar em um emprego.

Mais uma vez seu pai de criação, sempre muito preocupado com o futuro do garoto, o arranjou uma entrevista de emprego em um restaurante, já que ele é um excelente cozinheiro. Enquanto ele caminha em direção ao restaurante, logo percebemos que tem algo errado quando vemos vários bichinhos pretos e minúsculos voando por toda parte, mas as coisas complicam de verdade quando um grupo de meninos tenta arrumar briga com ele.

Rin se irrita facilmente, mas tenta se controlar, embora sem sucesso quando seu oponente começa a zombar de seu irmão, o qual sonha em ser médico mas não tem dinheiro para isso. Porém, algo inesperado ocorre no meio da luta:Rin percebe que o menino assume a forma de um demônio, e ele próprio começa a arder em chamas azuis.É nesse momento que ele descobre na verdade ser filho ilegítimo de Satã com uma mortal comum.

Ao perceber que seus poderes demoníacos começaram a despertar, Padre Fujimoto lhe dá o número de telefone de um amigo, que o ajudaria em caso de necessidade, e uma espada que lhe pertencia mas ele jamais deveria usar, pois isso o transformaria de vez num demônio, já que esta tinha como função suprimir seus poderes demoníacos.

Logo após isso, em meio a uma discussão entre os dois, Fujimoto é possuído por Satã, e, mesmo sendo o exorcista mais poderoso então existente, ele não consegue sobreviver ao demônio. Além de se sentir culpado pela morte do pai de criação, Rin passa a nutrir também um sentimento de vingança em relação ao pai biológico, decidindo por isso tornar-se exorcista.

Com esse objetivo, o garoto liga para o número dado por seu pai pouco antes de sua morte, o qual pertence a Mephisto Pheles. Este, por sua vez, é um demônio que dirige uma Academia que, entre outras coisas, forma também exorcistas.

Neste primeiro volume nós somos apresentados aos principais personagens envolvidos na trama e aos conflitos internos de Rin, assim como ás suas dificuldades para manter a concentração nos estudos de exorcismo, além de percebermos a forte interação entre os gêmeos. Para quem quiser ler em inglês, não há o que temer, já que o vocabulário é bem simples, e as palavras desconhecidas em geral podem ser facilmente compreendidas de acordo com o contexto. Inspiração para um de meus animes preferidos, e com um protagonista que é um dos meus personagens favoritos, Blue Exorcist tem desenhos incrivelmente bem feitos, algumas situações cômicas e outras dramáticas, além de muitas cenas de ação, tornando-se também um dos melhores mangás que já li e, por isso, merecendo meu 10.

By Ana Beatriz

Anúncios

Um comentário sobre “Blue Exorcist#1-Kazue Kato

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s