Um Tênis

Mais um acróstico baseado em um conto. Desta vez, o conto escolhido foi: “Por causa de um par de tênis branco”, do belíssimo livro É proibido cortar grama, de Wander Pirolli.

U  m ódio mortal se apossou de todo o meu ser ao chegar em casa e olhar meu guarda-roupa revirado

M eu sangue então ferveu e fui ao encontro de meu irmão mais velho para confrontá-lo

T entei fazer com que ele devolvesse o meu tênis mas ele agiu como se não tivesse feito nada de errado

E ntramos em uma briga e ele me bateu muito e disse que eu deveria respeitá-lo

unca fui tão humilhado em minha vida, só pensava em me vingar

I ndo para casa, resolvi pegar uma faca e voltar para reparar a vergonha que me fizera passar

S enti um alívio ao esfaqueá-lo, já que assim pude pegar meu tênis de volta e novamente o calçar…

Alex André

Anúncios

5 comentários sobre “Um Tênis

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s