O QUARTO ESCURO – Louise Welch

Livro - Quarto Escuro, O: Livro de bolso

Esta é a história de Rilke, um experiente leiloeiro, alcoólatra e homossexual, que encontra-se na meia-idade e sem nenhuma grande perspectiva na vida.

A srta. McKindless entra em contato com ele e pede que ele vá até a sua casa. Lá chegando, ela conta a ele que com a morte de seu irmão, o sr. McKindless, ela não pensa em ficar com nada que era do irmão e deseja que ele faça o inventário de toda a mobília e livre-se pessoalmente de tudo o que está no sótão. Ela determina também que o sótão deve estar limpo em apenas três dias, senão ela pagará outra companhia para avaliar e leiloar o espólio.

Ao iniciar então a limpeza do sótão, Rilke acaba se deparando com livros antigos e raros de pornografia que pertenciam ao falecido sr. McKindless, contudo, o que mais disperta-lhe o interesse é um envelope contendo diversas fotografias em que o sr. McKindless aparece lado de modelos nuas. Em algumas, ele mesmo havia tirado os retratos, de uma bela modelo, nua sendo submetida à sessões de sadomasoquismo. Em uma específica, a garota parecia ter sido torturada até a morte.

 Rilke esconde então o envelope e vai em busca da autenticidade das fotos, mergulhando assim no perigoso mundo snuff (fotos ou filmes com cenários reais de violência até a morte). Durante uma busca, ele conhece Derek, um belo rapaz que trabalhave vendendo pornografia ilegal para um um homem perigoso, de nome Trapp.

Derek forneceu-lhe  o endereço de um lugar chamado Clube da Câmera, onde homens casados pagavam para tirar fotos nuas, em poses diversas, de uma bela garota chamada Anne-Marie. Quando Rilke mostra as fotos para a garota, ela logo de cara reconhece o velho sr. McKindless e conta que foi assediada por ele para tirar fotos fora do Clube, mas que havia ficado com medo e por isso não aceitara a sua oferta.

Seguindo com sua busca, Rilke vai descobrir que algumas nunca são exatamente o que aparentam ser. E verá que as fotos que ele têm em seu poder são apenas a ponta de um terrível iceberg…

O resto, só lendo muito…

Quem assistiu “8 milímetros”, pode achar uma grande semelhança, pois no filme, Nicolas Cage também investigava o doentio mundo snuff.

Um bom livro policial, mas que pode desagradar algumas pessoas, pela linguagem forte. Minha nota é 7,5 e isso significa que vou querer ler mais desta autora.

By Alex André

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s