AFOGADO – Junot Díaz


Apesar dos inúmeros livros que eu compro em sebos, livrarias e lojas online, garimpar livros pelas máquinas do Metrô tem se tornado uma grande mania. E assim venho encontrando ótimos livros, como é o caso de “Afogado”, do jovem e talentoso escritor dominicano Junot Díaz.

Neste livro, temos histórias do lado negro de pessoas sem qualquer futuro: vadios, viciados em drogas, bêbados, imigrantes ilegais.

São 14 contos muito bem construídos, com personagens bem fortes, marcantes e que nos trazem  uma grande reflexão, já que podemos nos identificar muitas vezes com sua dor.

Um dos contos que mais chama a atenção é “Ysrael”, que narra a história de dois irmãos: Yunior e Rafael, que vão passar férias em casa de seus tios, no interior da República Dominicana. Eles acabam então por conhecer o garoto Ysrael, que usa sempre uma máscara para esconder a sua face, já que quando bebê, um porco invadira sua casa e desfigurara completamente o seu rosto. Os dois irmãos acabam usando de uma desculpa para aproximarem-se de Ysrael, porém apenas com a curiosidade de ver o rosto por baixo da máscara. A violência selará o final desta história…

“Aurora” narra o relacionamento bem intempestivo de um jovem com uma garota chamada “Aurora”, que além de viciada em drogas, também é muito ciumenta. O casal é extremamente desajustado e violento no seu relacionamento. Este é o conto mais longo e o mais chocante, com toda a certeza.

 A maioria das histórias está interligada, mostrando uma evolução na vida das personagens, o que é o ponto alto deste livro. O ponto negativo fica para a tradução, que usou muito espanhol e portunhol. Mesmo com um glossário no final do livro, não foram incluídas todas as expressões, gerando uma certa dificuldade de compreensão em alguns momentos da leitura. Nota 8.

Alex André

Anúncios

10 comentários sobre “AFOGADO – Junot Díaz

    • Cara Mia, acho que vocês devem chamar de alfarribistas aí em Portugal. São lugares que vendem livros novos ou usados que já saíram de catálogo nas livrarias.
      Um grande beijo e muito obrigado pela sua visita tão iluminada.

      Curtir

  1. Estou na batalha por terminar um que estou lendo que tem nada mais nada menos que 500 páginas sobre a vida de Paulo de Tarso, o apostolo, é uma guerra pessoal entre os livros e a internet, mas já estou quase terminando. Adoro livros antigos, sempre prefiro comprar as primeiras edições do que as reedições.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Confesso que a linguagem não me animou muito, mas achei muito interessante a história de Aurora e também fiquei curiosa para saber o fim de Ysrael. Será que consigo ler? De qualquer forma, parabéns pela resenha!
    Beijos 🙂

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s