A MÁGICA – Martyn Bedford

 

Mais uma resenha especial que eu preparei para vocês, meus queridos amigos.

Desta vez, falarei da história de Red (Fletcher Brandon), um mágico profissional e de sucesso, que se apresenta como Peter Prestígio, o Prodigioso Prestidigitador. 

Ele consegue realizar, com a ajuda de sua mágica, o maior sonho masculino: conquistar a garota dos sonhos. Em um Pub londrino, Red consegue seduzir através de um de seus pequenos truques, Rosa Kelly, uma belíssima garota e acaba conseguindo leva-lá para sua casa. Depois de uma noite de amor, Rosa propõe mudar-se para a casa de Red no outro dia mesmo e assim o faz, com a aprovação do mágico.

Rosa mostra-se uma garota durona, desbocada e às vezes até agressiva. Não gosta de falar muito do passado e quando o faz, deixa a ideia de que foi abusada por um tio quando era mais jovem.

Enquanto Red assumia o seu papel de Peter Prestígio para mais uma apresentação de sucesso, ao lado de sua bela e loira assistente Kim, ele recebe a notícia terrível de que Rosa fora encontrada morta, em um trem com destino para Amsterdã. Red começa a desconfiar que alguma coisa está muito errada, visto que sua namorada também fora encontrada com cabelos curtos, e quando ele a havia visto pela última vez, naquela manhã, ela ainda estava com seus belos cabelos longos e negros e não tinha motivo para cortá-los.

A polícia começa a desconfiar do envolvimento do mágico na morte da namorada. Ao receber um pacote anônimo pelo correio contendo uma foto de Rosa mais jovem, o nome e telefone de alguém com o nome de Lena e outro número contendo o nome de Nick,  ele resolve esconder essa informação da polícia e começa a fazer sua própria investigação particular, para tentar entender o que Rosa estava fazendo em um trem para Amsterdã.

Suas investigações acabam fazendo com que ele assuma a identidade falsa de seu irmão Taafle e parta para a capital da Holanda em busca de respostas. Ele não imagina que uma rede de prostituição e drogas, e até uma tentativa de homicídio tentarão impedi-lo de encontrar as respostas que procura sobre a morte de Rosa e sobre si mesmo…

O resto, só lendo muito…

Narrado sempre em primeira pessoa e alternando-se entre os narradores: a maior parte do tempo é Red quem é o narrador, mas existem passagens com Rosa como narradora.Só posso dizer que eu gostei muito da história. Nota 8,5.

by Alex André

 

 

Anúncios

7 comentários sobre “A MÁGICA – Martyn Bedford

  1. Adorei!! Juro que queria conseguir ler mais livros do que eu realmente consigo e fico muito triste que este ano eu não vá conseguir ler tanto assim e me depare com indicações maravilhosas como essas… mas por isso deixo tudo anotado para que um dia eu consiga :))
    Grande beijo!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s