10 livros para 2016

Queridos amigos, como sabem sou um leitor assíduo e divido cada leitura com vocês, através de minha resenhas.

A cada final de ano gosto de fazer uma lista de leituras para as férias de janeiro e fevereiro. 

Desta forma, organizei uma espécie de Top 10 (se é que se pode chamar assim) de livros prediletos que estarei lendo e postando para vocês aqui, com o maior carinho.

Sou bem eclético e talvez achem bem inusitada esta minha lista, que começa com o livro que estou lendo no momento. Todos os livros estão acompanhadas com as sinopses das editoras.

Espero que apreciem a lista e que sintam-se motivados também a lerem alguma destas obras.

Um beijo enorme no coração de todos vocês, queridos amigos.

Alex André

 

 

 

1 – O Espelho do Diabo, Jan Alexander

O Espelho do Diabo

 

 

As irmãs Irene e Emily sentem atração pelo perigo. Interessadas pelo mesmo homem, deixam a vida nos Estados Unidos e mudam-se para um certo castelo do sul da França onde, segundo a lenda, o demônio havia deixado seus olhos pintados na face de um espelho de cristal.

 

 

 

 

 

2 – A Mágica de Martyn Bedford, Martyn Bedford

 

O ilusionista profissional Fletcher Brando, conhecido como Red, conquista a bela Rosa. Tempos depois, é avisado de que ela morreu após cair de um trem. O mágico descobre que não conhecia o passado de sua namorada. O que ela estaria fazendo num trem em pleno horário de trabalho? Recebe um pacote anônimo e tenta solucionar o enigma. Percebe que foi ludibriado e empreenderá uma viagem para Amsterdã em busca de respostas.

 

 

 

 

 

 

3 – Confesso Que Menti – Justine Larbalestier

Confesso Que Menti

Micah Wilkins é uma mentirosa compulsiva. Para ela, mentir é tão natural quanto respirar. Por isso é preciso prestar muita atenção a seu relato e desconfiar de tudo o que ela disser. Por que ela mente? É um segredo que envolve o outro. Tudo começou quando ela nasceu com a doença da família. E desde então Micah criou um labirinto de mentiras para manter todos afastados da única e terrível verdade. Mas quando seu namorado Zach é encontrado morto em circunstâncias violentas e misteriosas, o comportamento nada confiável da menina a transforma na principal suspeita do crime. Agora, para desvendar essa trama e provar sua inocência, Micah Wilkins promete contar apenas a verdade e nada mais que a verdade.

 

 

 

 

4 – O Retrato – Um Romance de ObsessãoCharlie Lovett

O Retrato

1995. A morte precoce de Amanda Byerly foi um golpe duro, que encheu de tristeza o coração de seu marido, Peter. Mais introspectivo do que nunca, ele decide deixar os Estados Unidos e se instalar na Inglaterra, onde passa a se dedicar à recuperação e à negociação de livros raros. Em um de seus dias de pesquisa solitária, Peter se depara com o retrato de uma jovem muito parecida com sua amada esposa, guardado dentro de um livro. A semelhança impressiona, mas a aquarela foi pintada há muito, muito tempo. Trilhando um sinuoso caminho entre a era vitoriana e o final do século XX, Peter passa a investigar a origem do misterioso retrato. As pistas acabam por levá-lo a se envolver em um mistério histórico: uma obra perdida do dramaturgo William Shakespeare. “O Retrato” é uma fascinante mistura de suspense e paixão que nos convida a viajar no tempo, no rastro de histórias sobre livros.

 

 

 

5 – Caninos Brancos, Jack London

Caninos Brancos

 

 

 

Parte lobo, parte cão, Caninos Brancos é vendido por seu dono índio ao perverso Beleza Smith. Sofrendo mil tormentos, o animal aprende que para sobreviver é preciso adaptar-se sempre e sempre. Nesta aventura clássica, Jack London mais uma vez traça um empolgante paralelo entre bicho e homem, natureza e civilização.

 

 

 

6 – Contos Fantásticos do Século XIX –  O fantástico visionário e o fantástico cotidiano, Organizado por Italo Calvino

Contos Fantásticos do Século XIX

“Os Contos Fantásticos do Século XIX” foram selecionados pelo escritor Italo Calvino para uma série da televisão italiana, em 1983. Aqui estão as várias faces do sobrenatural: são histórias de fantasmas e de horror, do onírico, do macabro, do exótico e do misterioso. Os contos foram escritos por 26 autores do século XIX, de tradições literárias as mais diversas: de Hoffmann e Walter Scott a Kipling e H. G. Wells, passando, por Gogol, Poe e Andersen, entre outros, além de autores considerados “realistas” famosos, como Balzac, Dickens, Maupassant e Henry James. Todos procuraram, atrás da aparência cotidiana dos fatos, um mundo encantado ou infernal que, mais do que assustar o leitor, o deixe perplexo: é verdade ou mentira, sonho ou alucinação?

 

 

 

7 – A Sombra do Vento (O Cemitério dos Livros Esquecidos),  Zafón

A Sombra do VentoNuma madrugada de 1945, em Barcelona, Daniel Sempere é levado por seu pai a um misterioso lugar no coração do centro histórico: o Cemitério dos Livros Esquecidos. Lá, o menino encontra A Sombra do Vento, livro maldito que mudará o rumo de sua vida e o arrastará para um labirinto de aventuras repleto de segredos e intrigas enterrados na alma obscura da cidade, A busca por pistas do desaparecido autor do livro que o fascina transformará Daniel em um homem ao iniciá-lo no mundo do amor, do sexo e da literatura.
Numa narrativa de ritmo eletrizante que mistura gêneros como o romance de aventuras de Alexandre Dumas, a novela gótica de Edgar Allan Poe e os folhetins amorosos de Victor Hugo, Carlos Ruiz Zafón mantém o leitor em estado de contínuo suspense. Ambientada na Espanha franquista da primeira metade do século XX, entre os últimos raios de luz do modernismo e as trevas do pós-guerra, A Sombra do Vento é uma obra sedutora, comovente e impossível de largar. Uma grandiosa homenagem ao poder místico dos livros.

 

 

 

8 – Suando Frio, Boileau-Narcejac

Suando Frio - Boileau-narcejac

Uma onda de crimes hediondos abala Paris e ninguém consegue detê-los…

Jeantôme, um pacato escritor de vida regrada, não é capaz de reprimir a forte angústia que o assalta a cada novo assassinato. Que relação teria ele com essas mortes ocorridas na vizinhança? Que papel sua estranha mulher desempenha nesta trama macabra? À noite, atormentado por pesadelos terríveis que se mesclam à realidade, Jeantôme busca desesperadamente desvendar o mistério. Cabe ao leitor ajudá-lo nessa empreitada…

 

 

 

 

 

 

 

 

9 – O Livro das Feras – Para Amantes de Animais, Patricia Highsmith

O Livro das Feras

Um macaco, um cachorro, um porco, um rato, um hamster. Neste livro esses animais nada têm de inofensivo. Usando muita ironia e uma imaginação brilhante, a autora faz dos “bichanos” personagens profundamente psicológicos e dotados de características humanas, que protagonizam histórias densas mas acessíveis, sofisticadas mas também divertidas. Nos treze contos que compõem O livro das feras , os animais exteriorizam desejos e instintos humanos – vingança, raiva, ambição, sadismo, inveja -, como um porco caçador de trufas, que resolve devorar as iguarias que encontra em vez de deixá-las para o fazendeiro; um gatinho que mata o namorado da sua dona; ou um cruel camundongo que rói o rosto de um indefeso bebê no berço. Este livro traz histórias perturbadoras , algumas até macabras – que em princípio podem assustar o leitor desavisado -, mas de tal forma fascinantes que é impossível não ler até o fim.
Zé do Caixão - Maldito

 

 

 

10 – Zé do Caixão – Maldito, A Biografia – André Barcinski

Ele veio ao mundo numa sexta-feira 13, em março de 1936. Quase oitenta anos depois, José Mojica Marins construiu um legado artístico incomparável em nosso país e se consagrou como um dos grande mestres do Terror mundial. O público conhece sua voz gutural, as infindáveis garras que ele chama de unhas, sua barba cerrada e suas roupas, incluindo capa e cartola, sempre escuras como a noite. Mas até que ponto o Brasil reconhece toda genialidade do homem por trás do mito? Em Zé do Caixão – Maldito, a Biografia, os jornalistas André Barcinski e Ivan Finotti desenterram todos os segredos do passado de José Mojica, da infância humilde nos subúrbios de São Paulo até sua consagração internacional. Um dos cineastas mais produtivos do Brasil, Mojica escreveu, dirigiu, produziu e atuou em mais de trinta filmes, como os clássicos À Meia Noite Roubarei Sua Alma, Esta Noite Encarnarei No Teu Cadáver e O Despertar da Besta. Mojica aprendeu a fazer cinema sozinho, na marra, usando os recursos disponíveis e formando seus próprios técnicos e atores. Como resultado, o mundo ganhou um artista genuinamente brasileiro, que jamais precisou copiar fórmulas estrangeiras.

 

 

Anúncios

14 comentários sobre “10 livros para 2016

  1. Adorei suas escolhas Alex :)) Fiquei muito curiosa na leitura de “A Mágica de Martyn Bedford” e “Caninos Brancos”, outro que já ouvi falar e que instigou a minha curiosidade foi este livro de contos do Italo Calvino hehe. Eu espero que em 2016 você realize muitas leituras e faça resenhas incríveis delas *-*
    Beijão!!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s