O presente do meu grande amor

 Laini Taylor, Holly Black, Stephanie Perkins, Matt de La Penã,
David Levithan, Gayle Forman, Ally Carter, Jenny Han, Kelly Link,
Kiernsten White, Rainbow Rowell, Myra McEntire

O presente do meu grande amor é um livro com doze contos natalinos, cada um escrito por um autor diferente, mas todos são romances. Alguns chegam a misturar romance com sobrenatural e fantasia. Mas sempre tem romance.

No momento em que falei que os contos se tratavam de Natal, talvez alguns tenham pensado imediatamente em não ler, por questões religiosas.Porém, apesar de, realmente, a grande maioria dos contos se tratar de Natal, temos também contos que retratam a comemoração do solstício de inverno, do Chanucá(escrito Hanucá em alguns lugares, não sei qual é o certo) e até mesmo do ano novo.Dessa forma, o livro agrada a todos.

Além disso, nenhum dos contos(nem mesmo os que tratam realmente de Natal) foca em seres religiosos como Deus ou Jesus. As criaturas que mais aparecem são o Papai Noel, duendes e fadas. E algumas outras criaturas sobrenaturais que não fazem parte da cultura cristã.

Todos os contos são ótimos, bem fofos, românticos e perfeitos para a época.Sei que o Alê costuma destacar apenas dois contos, mas como não sou uma pessoa tão decidida quanto ele, não tenho dois, mas sim cinco contos preferidos, que são:

Anjos na neve-escrito por Matt de La Penã, narra o romance entre um pobre mexicano estudante de música e uma bela garota loira de classe média com um namorado á distância.Os dois se conhecem melhor em decorrência de uma inesperada nevasca que é capaz de mudar tudo.

É um milagre de Yule, Charlie Brown – escrito por Stephanie Perkins, a responsável por ter organizado o livro, tem como protagonista uma garota sem dinheiro por conta de problemas familiares  que vive num apartamento bagunçado e apertado com  a mãe, sonha em trabalhar com animação e não é cristã.No entanto, ela resolve ir até a loja de árvores de Natal em frente a sua casa, por conta de um certo vendedor com a voz perfeita para seu personagem.O rapaz, por sua vez, faz muito mais do que discutir sobre o personagem e lhe convencer a comprar uma de suas árvores para comemorar o solstício de inverno.

Papai Noel por um dia-eu sempre quis ler algo do famoso David Levithan, e esse conto, por sua vez, me deixou ainda mais curiosa para fazê-lo, pois adorei a história. Diferentemente dos outros, esse conto tem como casal principal dois garotos que já namoram há algum tempo (não muito) quando um deles pede ao outro que se vista de Papai Noel (mesmo sendo judeu)para fazer uma surpresa a sua irmã de 6 anos.Como se isso já não fosse humilhante o suficiente, o pobre garoto ainda terá que suportar a outra irmã do namorado, que tem doze anos e parece odiá-lo sem motivo algum.

Krampuslauf-obra da Holly Back (a verdadeira causa de ter comprado esse livro é que tinha um conto dela), o enredo gira em torno de uma adolescente pobre que decide dar uma festa afim de desmascarar o infiel namorado rico de sua amiga. Além disso, ela se vê interessada num garoto com uma fantasia incrivelmente original.

O que diabos você fez, Sophie Roth – meu primeiro contato com  o famoso Gayle Forman, assim como David Levithan fez com seu conto, me deixou curiosa para ler mais do autor.Sophie Roth nasceu e foi criada no Brooklyn, mas acaba indo para uma faculdade no interior do país.Isso faz com que todos a estranhem, dizendo que ela é “tão cidade grande”, e por isso ela se sente distante de todos ali. Apesar de ser judia, a garota decide assistir o coral de natal na faculdade, mas parece detestar quando um menino começa a conversar com ela e a leva até uma lanchonete, ele parece ser o único parecido com ela naquele lugar e logo eles acabam se envolvendo. Amei o conto porque, além do casal ser fofo e falar de Os Simpsons (que eu simplesmente amo) me identifiquei muito com a protagonista. Não sabia que eu era “tão cidade grande” assim.

Como já disse, confesso que, a princípio, o único motivo para eu ter comprado o livro foi o fato de que havia um conto da Holly Black, logo, não esperava muito. Mas, esse livro me surpreendeu, apesar do primeiro conto não ser tão bom assim, é apenas o começo, e não há nenhum que seja realmente ruim. Fofo, romântico e mágico como o fim de ano deveria ser, minha nota para esse livro é 8,5 e, apesar de ser focado no público jovem e não ter nenhum personagem importante com muito mais de 20 anos, eu o indico para todas as idades.

By Ana Beatriz

 

Anúncios

6 comentários sobre “O presente do meu grande amor

  1. Aaah, será que eu sou a única que ainda não leu este livro? hahaha. To doida de vontade de ler, mas to vendo que irei deixar para o próximo ano!! Os contos parecem ser encantadores e o melhor de tudo é que falam sobre uma época que eu amo hehe. Adorei tua resenha *-*
    Beijinhos!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Muita gente já leu mesmo, mas relaxa, eu também li meio atrasada!kk mas se você gosta dessa época de fim de ano vai adorar, sério mesmo, pelo menos se gostar de romance.Muito obrigada!
    Beijos 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s