AQUELA – Alex André

A inda que me tenha me desedado tanto, eu  jamais reconheci sua importância

Q uando me juraste amor eterno, apenas enganei-a com palavras de elegância

U ma mulher que só quis minha felicidade e mesmo assim decidi martizá-la

E sperei-a pegar no sono em certa noite  e resolvi por fim abandoná-la

ogo soube por boca de outros que minha  amada não suportara minha ausência e acabara desvivendo

A o perdê-la para sempre, dei-me conta do meu erro e mereço todo o esse sofrimento.

Alex André

Anúncios

4 comentários sobre “AQUELA – Alex André

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s