DESTINO – Alex André

D oloroso destino de quem não tem a quem amar

ncara a única fome que não se pode nunca saciar

ofre da dor que não tem hora para findar

udo o que pode fazer é apenas rezar

I mplorar aos céus para que seu peito seja livrado de tanta amargura, e aguardar o que lá se determina

ão deixando de acreditar que algum anjo em forma de mulher, a qualquer momento surgirá

O seu dissabor transformar-se-á então em arroubo e sua dor, enfim, se extinguirá.

Alex André

Anúncios

10 comentários sobre “DESTINO – Alex André

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s