ESTRANHO – Alex André

E sperar  em nosso umbral e nao vê-la chegar

S aber que estou definhando devagar

T eria sido mai fácil se você não tivesse desertado

R ebotalho de homem me tornei quando deixei de ser amado

A creditei que nosso amor era inexaurível

N ão sei quando você resolveu que viver junto comigo não seria  possível

H oje, sou um estranho sem nenhuma perspectiva de amar novamente

O s outros acham que estou em um caminho sem volta, inevitavelmente.

Alex André

Anúncios

10 comentários sobre “ESTRANHO – Alex André

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s