A ilha de Sagitário – Antonio Calloni

Confesso que comprei este livro por curiosidade de ler algo de um portador de transtorno bipolar como eu, mas vi que estava enganado já que o Antonio Calloni negou veemente ter a doença aqui nos comentários.

Pensei que os contos me surpreenderiam como me surpreendo com o  brilhantismo de Antonio Calloni atuando. Contudo, o que vi foram histórias muito confusas, vagas, algumas vezes até sem nexo. Por vezes, fiquei sem entender o final, pois o mesmo não fazia qualquer sentido.

Já a  linguagem é de muito fácil compreensão e o autor é  bem descritivo, o que é realmente uma pena.

Porém, duas histórias se destacaram positivamente:

“Uma velha sinfonia” – que narra a história de um garoto levado, que prega peças em sua avó, já com princípios de demência e de certa forma, contribui para a internação dela em um sanatório.

“Deodoro se cansou” – narra a primeira experiência do virginal menino Deodoro com Alcimar, a peixeira negra que transbordava sensualidade.

Tive certa dificuldade para dar uma nota para este livro, portanto vou deixar para vocês, meus amigos queridos, essa tarefa. Leiam, se tiverem interesse, e deixem mais tarde sua opinião nos comentários.

 

 

 

Anúncios

8 comentários sobre “A ilha de Sagitário – Antonio Calloni

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s